Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Manchetes do dia

Bahia: Assembleia vai instalar Conselho de Ética Lilian Machado REPÓRTER Agressões públicas a deputados e provocações que beirem ao exagero e sirvam de quebra de decoro parlamentar estarão na mira de oito deputados que irão compor na Assembleia Legislativa um Conselho de Ética, voltado a conter e apurar declarações e atitudes que extrapolem as normas no âmbito Legislativo.

Embora o presidente Marcelo Nilo (PDT) tenha informado que a decisão pela implantação do Conselho ocorreu há 30 dias, nos bastidores a informação é de que o ato foi estimulado por alguns pares, após o comportamento exibido pelo deputado estadual Targino Machado (PSC), na sessão da última terça-feira. Durante pronunciamento em plenário, ele teria se dirigido em tom “desrespeitoso” ao líder do governo, Zé Neto (PT), e ainda teria xingado o governador Jaques Wagner (PT).

O órgão tem como objetivo disciplinar e à aplicar penalidades que podem chegar a cassação do mandato. “Não é nada contra o deputado, apen…

Veja, Gilmar e o Editor Imaginário

Por Maurício Caleiro, no blog Cinema & Outras Artes:

Após o período atípico, sem manchetes denunciativas nas capas, que se seguiu à instalação da CPI do Cachoeira, a revista Veja tenta sair das cordas publicando, na edição desta semana, uma denúncia em que um seu velho conhecido – o ministro Gilmar Mendes, do STF – afirma que o ex-presidente Lula o teria pressionado para que tentasse adiar a data do “julgamento do Mensalão” para depois das eleições municipais deste ano. Em troca, segundo a revista, o ex-presidente ofereceria ao magistrado“blindagem” contra eventuais acusações na CPI do Cachoeira.



Logo após a revista chegar às bancas, jornalistas e blogueiros passaram a apontar as múltiplas inconsistências da matéria - trabalho facilitado, inicialmente, pela negação peremptória da veracidade da denúncia feita pela única testemunha presencial do encontro entre Mendes e Lula (o ex-ministro da Defesa Nelson Jobim) e complementado, na noite de ontem, pelo depoimento do próp…

Partido político é mais importante do que gente

Por Genaldo de Melo

Como são poucos os partidos políticos no Brasil que detêm o reconhecimento dos cidadãos brasileiros pela marca da competência e da seriedade, um debate eminente ocupa no momento os espaços de opinião pública. Partidos políticos contabilizam em suas contas mais recursos financeiros do que determinados programas de Políticas Públicas do Governo Federal. A polêmica é porque é muito dinheiro carimbado, que ninguém pode mexer além deles, e muita gente tem medo de comentar.
Enquanto observamos no Nordeste a situação de calamidade vivida pela população do Semi-árido por causa da situação de estiagem conhecida cientificamente de antemão, alguns partidos políticos têm mais recursos do que as prefeituras, que são responsáveis diretas pelos processos de enfrentamento da seca.
Os 29 partidos políticos registrados no TSE comprovaram gastos com suas prováveis ações no valor de R$ 310.533.832,70. As receitas dos mesmos foram muito maiores, chegaram à quantia de R$ 382.506.512,44.…