Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

De novo parlamentares do amém

Por Genaldo de Melo

Nesse espaço já escrevi sobre muitos assuntos referentes aos mais variados temas da nossa sociedade feirense. Porém alguns interessam mais pelo teor de polêmica, pautados exatamente pela opinião pública, tanto que somente aumentam os acessos em nosso Blog. Sendo assim, não deixaria jamais de avaliar, como já fiz isso no passado recente a Câmara de Vereadores de nossa cidade. Parece que piorou o nível político de nossos Edis.
Se no passado recente tivemos parlamentares bons e combativos, a exemplo de um Roberto Tourinho, hoje parece que pelo visto temos apenas um que está tendo a coragem de se caracterizar pelo espírito combativo que um parlamentar deve ter. No momento somente quem está pautando a opinião pública é Zé Carneiro (PSL). E olhe que gente que opina nos bairros está dizendo também que ele está fazendo isso, porque quer ser deputado estadual. Olhe aí...!
Perdoem-me os nobres vereadores/as, pois não sou pautado pelo jornalismo da obediência de Feira de Santana…

O contrassenso político no Brasil

Por Genaldo de Melo

Existe um consenso generalizado entre os formadores de opinião de que mandatos parlamentares hoje no Brasil, seja municipal, estadual ou federal, em sua grande maioria são literalmente comprados a preço de diamante, principalmente pelos abençoados das ricas doações de campanhas de gente interessada em ganhar licitações públicas e que precisa de elos de ligação com as fontes polpudas, que são exatamente os responsáveis pela aprovação das contas públicas, ou seja exatamente os parlamentares.
Ser contra o financiamento público de campanhas eleitorais é um contrassenso para quem passa o tempo todo discursando contra as mazelas da corrupção generalizada que se estabeleceu nesse país. Se formos analisar melhor as distorções ocorridas nos últimas eleições, chegaremos naturalmente a conclusão de que vencem eleições parlamentares no Brasil não os candidatos sérios, aqueles com compromisso com a maioria da população, mas sim quem fecha acordos com grupos econômicos que represe…

A última do presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Por Genaldo de Melo
Não pode ser simplesmente capricho de subversivos manifestantes de organizações representativas de vários segmentos sociais serem contra o Deputado Marco Feliciano (PSC) a permanecer na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. No Brasil foram poucas vezes na história que grande parcela da população organizada levanta-se contra apenas um homem. Ou ele não presta e não vale um vintém furado ou a sociedade como um todo é que não presta e não vale nada!
Todos têm sérias dúvidas sobre a capacidade moral desse rapaz assumir um espaço de debate sobre temas que inescrupulosamente sempre foi contra. A capacidade moral dele para assumir tão importante cargo não está sendo colocada em cheque pelos seus pares. Ela está sendo colocada nessa situação pela própria sociedade que conhece sua história e sua vida pregressa, e portanto merece um pouco de respeito!
Depois que falou de negros e homossexuais, coisas que não deveriam ser ditas, porque todo é li…

A guerra invisível de Feira de Santana

Por Genaldo de Melo Uma preocupação latente tem ocupado os juízos dos homens e das mulheres de bem de Feira de Santana a ponto de em diversos espaços de opinião, tanto na imprensa como mesmo nos bairros populares e comunidades rurais todos expressarem esse sentimento. Essa preocupação nasce a partir do momento do crescimento alarmante da drogadição e da violência que passa dos limites do que é considerado ponderável, tanto nos aspectos de prevenção como de combate.
A violência que antes era restrita em quase sua totalidade ao mundo das drogas, que aliás é comprovado esse fato pelo número de mortes entre os personagens pertencentes ao underground do tráfico de drogas, agora começa a mostrar uma face mais cruel atingido personagens inocentes que não fazem parte deste cenário, mas do mundo dos homens e das mulheres de bem.
É estarrecedor quando você vislumbra um quadro em que crianças são vítimas de balas perdidas, quando assaltantes não apenas traumatizam as pessoas com suas armas de gross…

Comunicar é um direito de todos

Por Genaldo de Melo

Difícil mesmo acreditar que o Governo de Dilma Rousseff, eleita de forma esmagadora pelo povo com apoio principalmente da imprensa alternativa e popular não queira dá ouvidos para os resultados da I Conferência Nacional de Comunicação (CONFECOM), que aconteceu em 2009 depois de um processo preparatório ocorrido nas 27 unidades da Federação brasileira, que mobilizou então mais de 30 mil pessoas, construindo ao todo mais de 700 propostas de democratização das comunicações no país.
E mais difícil ainda fica de entender como o Ministério das Comunicações, através do senhor Paulo Bernardo, no último dia 12 de março resolveu desonerar nada mais nada menos do que R$ 06 bilhões de impostos dos oligopólios das telecomunicações no país, coordenadas por poucos indivíduos sem muitos compromissos com a maioria dos fatos reais, que fazem exatamente com suas estruturas bater permanentemente no próprio Governo que ele representa.
Ora, ninguém está aqui querendo censurar ninguém dos g…

Deputados querem ficar livre da opinião pública

Por Genaldo de Melo

Soa estranho e beira ao absurdo qualquer proposta legislativa, e até mesmo judiciária de censura à liberdade de expressão, especialmente aquelas que dentro das prerrogativas da lei é recheada de verdades comprovadas com premissas pautadas em fatos reais.
Se a lei existe que se cumpra a mesma contra caluniadores, difamadores e criminosos contra a honra da pessoa humana, como reza o Código Penal Brasileiro em seu capítulo V, entre os artigos 138 e 142. Mas não se infrinja a liberdade de ninguém de dizer a verdade, mesmo que constranja pequenos deputados, aliás, do baixo clero, com carapuças de mandatos outorgados pelo povo, que desrespeitando o próprio povo, arrogam-se no direito de errar porque têm imunidade parlamentar.
O Estado não é propriedade de ninguém pessoalmente, ou seja, não é patrimônio de poucas pessoas que não concordam com jornalistas e blogueiros que utilizam a internet para comunicar fatos do mundo político. A verdade não difama ninguém nesse país, ela…

ADPREV: mais um escritório para ajudar o Movimento social e Sindical na Bahia

Sangue é melhor que paz

Por Genaldo de Melo


Enquanto se debate tanto sobre as crises financeiras que atingem diversos países do mundo, especialmente aqueles considerados potências econômicas, um dos setores da economia mundial parece que não consegue ser atingido de forma nenhuma pelas mesmas. Falamos aqui das corporações empresariais que coordenam a indústria das armas no mundo, que em vez de serem atingidas pelas crises econômicas estão de fato é aumentando seus lucros e resultados econômicos.
As estatísticas revelam que a comercialização de armas e a prestação de serviços paralelos à mesma na área das 100 principais empresas vinculadas à atividade chegaram a 411 bilhões de dólares em 2010, aumentando assim em muito a venda em relação aos anos anteriores.
Seguindo a mesma proporção o volume de transferência internacional de armas entre os anos de 2006 e 2011 foi de 24% superior ao período entre 2002 e 2006. E nisso das 100 maiores empresas exportadoras de armas 44 delas são norte-americanas, que concentram 6…

Evangélicos defendem os Direitos Humanos e Minorias

Por Genaldo de Melo


Por sua natureza, seus atributos e suas competências legislativas, a Câmara dos Deputados deveria ser a casa da cidadania do povo brasileiro, mas ao contrário disso cada vez mais aquele espaço de poder se perde em papéis ridículos e capazes de escandalizar nossa sociedade brasileira. Entre os meandros e os acordos escusos somos totalmente leigos, mas somos totalmente contra, mas quase nada podemos fazer em relação aos assuntos políticos dos bastidores, pois aqueles deputados estão imbuídos de tanto poder que nós somos sempre apenas meros espectadores hobbianos.
Dessa vez houve uma superação na forma de subestimar a sociedade brasileira e as organizações da Sociedade Civil preocupadas com a defesa dos direitos humanos e das minorias. Para surpresa de todos os membros da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados escolheram para a sua presidência exatamente um indivíduo polêmico e que nas suas posições sempre deixou claro que não gosta de mi…

Supermercados de Feira de Santana fazem dos clientes seus empacotadores

Por Rozete Evangelista

Não tem como não reclamar dos péssimos serviços prestados à população de Feira de Santana pelos supermercados, principalmente das grandes redes. Eles tratam os consumidores como se estivessem fazendo favores, como se estes tivessem a obrigação de somente comprar neles.
Passamos o stress da vida urbana, do trabalho que muitas vezes é cansativo, e no final da tarde quando vamos fazer compras enfrentamos filas intermináveis, carrinhos quebrados que nos obrigam a fazer um esforço sobre-humano para arrastá-lo pelos corredores, e ainda por cima enfrentamos o mau humor de alguns funcionários sem compreensão de que da mesma forma que eles também estamos cansados.
E tem mais! Supermercados como G. Barbosa, Bom Preço e Atacadão acham que os consumidores são seus empregados. Depois de todos os problemas citados aqui que acontecem todos os dias dentro dos estabelecimentos os clientes ainda têm depois que pagam a conta das compras serem eles mesmos os empacotadores.
Se fosse prá…

O coronelismo sindical

Por Genaldo de Melo


Participante do Movimento Estudantil entre o final dos anos oitenta e início dos anos noventa, sendo dirigente e militante de causas ambientais e comunitárias de entidades reconhecidas no Estado de Sergipe, bem como sendo militante e colaborador do sindicalismo sério, tanto urbano quanto rural, boa parte de minha vida, confesso que fiquei estarrecido, aliás, ridicularizado com a capacidade de uma maioria simples de dirigentes de centrais sindicais brasileiros enganarem seus representados, aliás, o povo brasileiro.
O Movimento Sindical brasileiro já foi tão respeitado que despeitou, e enfrentou, poderes políticos e econômicos tão fortes capazes de imprimir a marca no controle do poder estatal, e elegeu para o cargo mais importante do país exatamente um sindicalista afoito do ABC paulista.
Mas parece que agora se renderam aos encantos maiores, ao oásis do deserto do poder político e econômico. Pois sem capacidade de liderança para mobilizar e apaixonar o povo como nos …

Vereadores se reúnem com presidente de partido político

Por Genaldo de Melo

No último dia 06 de março deste ano vereadores de vários municípios da Bahia se reuniram com o Deputado Federal Daniel Almeida, presidente do PCdoB estadual, discutindo sobre projetos para seus municípios. Na ocasião os vereadores apresentaram várias de suas demandas e solicitaram apoio do deputado para que o mesmo possa fazer interlocução com os órgãos governamentais no sentido de fazer com que aconteça de fato em seus municípios as ações necessárias de promoção do desenvolvimento local. Assessorando os parlamentares estava Genaldo de Melo, assessor da ADPREV (Advocacia Previdenciária, Trabalhista, Criminal, Cível e Consultoria). Participaram da reunião os seguintes vereadores: Sivaldo Amorim (PCdoB de Ibitiara); Genilson Pereira (PCdoB de Palmeiras); Ane do Sindicato (PR de Governador Mangabeira); Flávio Eres (PCdoB de João Dourado); Demar Ferreira (PCdoB de Morro do Chapéu); Gilmar Carvalho (PCdoB de Santa Bárbara); Domingas Costa (PR de Pojuca); Jeilson Silva (P…

FETAG-BA participa de Congresso em Brasília

Por Genaldo de Melo

Entre os dias 04 e 08 desse mês de março quase 300 representantes dos trabalhadores rurais da Bahia participaram em Brasília do 11º Congresso Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. O evento foi organizado pela CONTAG e pelas federações estaduais e contou com a participação de 2.700 delegados de todo o Brasil, sendo que delegação baiana foi a maior representação no evento. No Congresso foi discutido e aprovado todas as resoluções que norteiam a luta dos trabalhadores/as rurais brasileiros para o próximo período, bem como foi eleita a nova Diretoria da CONTAG. Para o presidente da FETAG-BA, Claúdio Bastos, esse Congresso foi o mais importante da história do Movimento Sindical dos Trabalhadores/as Rurais, porque se caracterizou pela participação em massa de jovens e mulheres, aprovando resoluções importantes de apoio a esses dois segmentos.

Hollywood é Hollywood!

Por Genaldo de Melo



Não tenho nada contra os papas de Hollywood, mas discordo absolutamente pela forma metodológica como são escolhidos os melhores filmes, aqueles que ganham o prêmio máximo, ou seja, o Oscar. Não que o que eles produzem é coisa ruim, mas porque eles servem de parâmetro, como que o que se produz em outros países fossem restos de cultura. Ou seja, os melhores filmes são sempre produzidos reproduzindo aspectos culturais que o corpo de jurados de lá conhecem, ou mais ainda, se são americanos é lógico que vão escolher como melhor o que se produz na língua inglesa.

Como é que um corpo de jurados que não conhece, por exemplo, as especificidades de nossa cultura e de nosso país vai escolher um filme brasileiro como bom em qualquer categoria que seja? Qualquer cidadão especialista em alguma área que tenha que escolher alguma coisa como a melhor para premiar, somente vai escolher como melhor aquilo que lhe sensibilize o espírito e o intelecto, ou seja, aquilo que faz parte exata…

Ditadores são apenas os outros, eles jamais!

Por Genaldo de Melo



Não existe paralelo na história, da existência de ditaduras cruéis e violentas num mundo mais aberto e propício à assimilação do conhecimento acumulado pela civilização humana do que o que aconteceu no século XX. Elas foram conhecidas como cruéis e violentas exatamente porque dado ao avançado processo tecnológico toda a humanidade ficou sabendo da existência das mesmas. Toda ditadura, seja ela estatal, empresarial, cultural, religiosa, política, ou mesmo familiar sempre foi e sempre será abominada em nosso mundo contemporâneo.
Então como aceitar à luz do próprio direito a ditadura de partido político no Brasil? Vergonhoso saber que cerca de metade dos partidos políticos no Brasil não são democracias partidárias, pois na realidade são verdadeiros feudos de dirigentes autoritários que também à luz do que reza o direito no Brasil imitam fielmente ditaduras estatais que a história tem vergonha até os dias de hoje. Ou seja, em torno da metade das siglas em nosso país tem …

Opinar é prerrogativa maior da democracia

Por Genaldo de Melo


François Marie Arouet dizia que apesar de não concordar com determinadas opiniões alheias às suas, procuraria sempre utilizar todas as suas forças intelectuais para que elas existissem mesmo assim. Num mundo diverso de opiniões sobre os mais variados temas relevantes e polêmicos na sociedade é melhor a gente se conformar com as mesmas, mesmo que contrarie as nossas. É a prerrogativa da democracia!
Mas tem gente que acha que suas opiniões são as únicas verdades universais e absolutas, capaz de agredir os outros por opinarem diferente, aliás, por ter a capacidade e a liberdade garantida constitucionalmente de pensar livremente sem agredir ninguém, é lógico.
Nessa semana por causa de um artigo que escrevi para meu Blog, reproduzido em outras páginas de internet e no principal semanário de Feira de Santana, coordenado pelo grande e veterano jornalista Zé Coió, recebi em meu correio eletrônico mensagem agressiva de um internauta que se denominou militante de um partido pol…