A arrogância de meu Primo


Por Genaldo de Melo
 Escorpião amarelo
Mais uma vez o danado do meu Primo anda falando bobagens nas rodas sociais que freqüenta, principalmente depois de seis doses de ouro derretido para o espírito. Segundo ele qualquer candidato das oposições na Bahia, daqueles que estão em destaque, ganha do candidato da situação para governador. Mas a grande bobagem do danado do meu Primo não é defender essa tese dessa forma, e sim de que as forças de oposição podem sair desunidas, porque tanto Geddel Vieira (PMDB) como Paulo Souto (DEM) têm cacife para tanto. E pronto!

Segundo ainda a sua tese meio maluca o fato está consumado, porque Rui Costa (PT) sem Lídice da Mata (PSB) não vai para lugar nenhum. Tentando argumentar com o danado do meu Primo (porque é difícil com ele, porque toda a sua história está corrompida pela estupidez e pelo autoritarismo) colocamos que a oposição não saindo junto está dando literalmente um tiro no pé, correndo o risco de passar vergonha nas urnas, porque é na disputa e na unidade de forças que se decidem eleições. Mas o rapaz é intransigente, parece que já tem sua paixão política.

Bom, talvez ele já esteja prevendo a divisão pelo jogo de interesses que vem por aí. Porque segundo rumores de bastidores do mundo político o cacique do PMDB pode não querer abandonar seu sonho eterno de ser governador da Bahia, e de se vingar do Galego sedutor que governa o Estado. Já o DEM tem na Bahia seu único farol de esperança para procurar renascer como partido político, pois o Rio Grande do Norte outro estado dirigido pelo partido pelo que se ver não vai muito longe, e há um entendimento de muitos que não vai desistir desse empreendimento político.

Ou seja, meu Primo pode está querendo dá um recado de forma indireta, apesar das fotos e das mensagens de ambas as forças sobre unidade, esperando por uma decisão do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

De vez em quando meu Primo recebe conselhos, mas conselhos para ele é como poesia que sempre diz que não leva à sério. Insiste na sua visão de que qualquer um dos candidatos da oposição, até mesmo o ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB), que não tem capilaridade estadual, vai viabilizar economicamente sua vitória, porque o candidato do Governo é fraco do ponto de vista eleitoral, e acabou a história...! 

Acho que meu Primo precisa compreender que somente porque as mulheres do PSB resolveram fazer palanque para o Governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), necessariamente os candidatos das oposições já pensem em comprar o paletó. Eleições são sempre uma incógnita, e essas então...!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A manipulação grosseira da Globo do Dia do Trabalho

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

Sem Lula cidadãos conscientes continuam preferindo Manuela