Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Diques de cal

Por Genaldo de Melo Observando mais atentamente o cenário político atual veementemente chegamos a conclusões que não são infalíveis, porque no mundo político tudo muda rapidamente como as nuvens do céu, mas que são quase certeza, dadas as condições históricas.
Quando a batalha começou, como que guerrilhas na Bahia, todo mundo dizia que o Governador Jacques Wagner não estava fazendo a escolha certa do nome a concorrer as próximas eleições de outubro, porque o deputado federal Rui Costa é um sujeito desconhecido. Mas desconhecido na língua da oposição e daqueles que não acompanham o mundo político!
Porque observando atentamente o cenário colocado na política atual chegamos à conclusões quase infalíveis, como é o caso de uma certeza ainda recôndita da vitória de Rui Costa no próximo outubro? Porque o mesmo é o candidato de um grupo político coordenado por um verdadeiro animal político, que é Jacques Wagner, que nos anos recentes somente acumula vitórias eleitorais em todos os campos a nível…

Começaram a politizar a questão da violência

Não tenho aptidão para ser macaco

A mudança da Micareta

O parecer das ilusões

Por Genaldo de Melo
Até que ponto podemos realmente confiar na isenção dos conselheiros dos tribunais de contas pelo país afora, estes criados para fiscalizar o resultado da utilização do dinheiro público, quando sabemos que em sua grande maioria são ex-políticos nomeados por políticos?
Parece brincadeira pensar que homens que exercem mandatos políticos, quando se arvoram no sagrado direito de fiscalizar e apresentar pareceres corretos, vão fazer de fato isso, quando devem favores necessariamente a quem lhes indica para os cargos.
São os fatos comprovados que fazem com que fiquemos com a “pulga atrás da orelha” quando analisamos o papel desses que são nomeados politicamente para fiscalizar. O fato é que a maioria dos políticos em fim de carreira, ou que começam a observar a perda de prestígio eleitoral, procuram se escorar nos tribunais de contas, principalmente os estaduais.
Segundo um relatório recente, resultado de um estudo da entidade de combate à corrupção, Transparência Brasil, co…