A Assembléia Legislativa de São Paulo enlouqueceu de vez

Por Genaldo de Melo
 :
Definitivamente cada vez mais o Brasil faz juz a opinião que tinha dele o francês Charlles de Gaulle de que “O Brasil não é país sério”. A bancada tucana na Assembléia Legislativa de São Paulo (Alesp) indicou o deputado estadual Coronel Telhada, ex-comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), para uma cadeira na Comissão da Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais da Casa. Em 32 anos de PM, Telhada coleciona 36 mortes em ação e 80 elogios por sua atuação. Quando a gente pensa que não vai mais ver absurdos do mundo político se noticia um fato dessa natureza com um coronel que já matou gente assumir a postura de defender interesses de gente. Mais interessante ainda é sua opinião a respeito de sua indicação para a importante Comissão. Ele postou matéria dizendo o seguinte: “agora sim teremos na Alesp uma comissão de Direitos Humanos que realmente se preocupará com os direitos de todos os cidadãos”. Definitivamente estamos num país quer não quer mesmo ser considerado um país sério, indicar um homem violento para defender diretos humanos é cúmulo do absurdo.

Comentários