A feirense professora Marlede Oliveira é a mais nova coordenadora da APLB-Sindicato em Feira de Santana

Por Genaldo de Melo
APLB-Sindicato – Rede Estadual e Interior
Durante muitos anos a APLB-Sindicato de Feira de Santana foi uma entidade muita combativa em defesa dos interesses dos profissionais da educação, mas efetivamente nunca foi de fato um instrumento político da categoria, sob a coordenação do professor Germano Barreto. Com o slogan de “Sindicalismo sem partidarismo”, a entidade que é considerada uma das maiores em Feira de Santana sempre cumpriu seu papel dentro do chamado economicismo sindical gramsciano, mas como entidade que pudesse jogar papel político nunca funcionou. Mas os rumos da história são cruéis com quem não cumpre seu papel de também representar politicamente seus representados perante a sociedade, e o professor Germano perdeu o controle da entidade, exatamente para mais combativa comunista dentro da categoria dos profissionais da educação no município, a professora Marlede Oliveira. Segundo mensagem em grupos de Wattsapp Marlede promete que agora a APLB-Sindicato de fato vai fazer a diferença e vai também representar politicamente os trabalhadores/as da educação de Feira de Santana. Sucesso Professora!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria