Com a faca no pescoço Cunha se vinga no povo brasileiro



 Por Genaldo de Melo
 
Definitivamente o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) pode está em situação perigosa diante das investigações da Operação Lava Jato. Nessa semana a pedido o Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Ministro do STF, Teori Zavascki, autorizou a visita de um oficial de justiça para vascular seu gabinete para procurar dois requerimentos que podem comprovar que o deputado recebeu dinheiro do esquema sujo da turma que roubou a Petrobrás.

Os tais requerimentos foram feitos em 2011 e assinados pela ex-deputada federal Solange Almeida (PMDB), hoje prefeita da cidade de Rio Bonito (RJ), porém os investigadores suspeitam que as representações foram arquitetadas por Eduardo Cunha, com base nos depoimentos do doleiro Alberto Youssef, delator oficial da Lava Jato. 

De acordo com o delator o presidente da Câmara era um dos beneficiados do esquema sujo, através do aluguel de um navio-plataforma das empresas Samsung e Mitsui para a Petrobrás. Ele teria encomendado os pedidos de auditoria dos contratos dessas empresas com a Petrobrás como ameaça, após a suspensão de sua parte nas propinas. 

Como a ex-deputada não lembra o motivo de suas assinaturas nos ditos documentos, e Cunha parece que escolheu Janot para ser seu inimigo, deverá sofrer as conseqüências de seus atos caso haja comprovação de erros no esquema sujo montado dentro de nossa maior empresa. 

Com raiva e conservador como sempre, está fazendo vingança em todas as suas atuações como presidente da Câmara dos Deputados, e prejudicando literalmente mais de 200 milhões de brasileiros. Como a história é a prova dos nove, vamos esperar esse fenômeno para depois consolidar se for fato!

Comentários