Depois de mandar espancar professosres no Paraná começam a surgir denunçias contra Richa

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para fotos de Richa
Segundo reportagem publicada pela Folha de S. Paulo, auditores fiscais do Paraná têm metas anuais para doar a uma ONG vinculada à esposa do governador Beto Richa (PSDB), Fernanda Richa. De acordo com as informações, o dinheiro é repassado pelo sindicato da categoria, o Sindafep, para a compra de cobertores doados a crianças carentes do estado, em parceria com o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar). Só nos últimos três anos, a arrecadação do sindicato foi de R$ 3,7 milhões. Uma denúncia anônima recebida pelo Ministério Público afirma que Fernanda Richa exigiu doação ao Provopar e à campanha do marido em troca da promoção de auditores, em 2014. Em 2010, Fernanda já havia sido condenada pela Justiça por pedir votos a Beto Richa durante evento de distribuição de cobertores. Ela está recorrendo da decisão.

Comentários