Trabalhadores rurais da Bahia vão pressionar hoje o Governo de Rui Costa por mais políticas para o campo

Por Genaldo de Melo
 banner_pauta
Milhares de Trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o Estado da Bahia estão hoje (21/05) concentrados no Centro Administrativo da Bahia para realizar a grande mobilização por direitos e por Políticas públicas de fortalecimento da Agricultura no Estado, trata-se do Grito da Terra Bahia 2015. Caravanas estão desde madrugada de hoje se deslocando de todas as regiões da Bahia para participar da atividade, mobilizados pelos líderes rurais e dirigentes do Movimento Sindical dos Trabalhadores Trabalhadoras Rurais. Na pauta apresentada ao governador Rui Costa do Grito da Terra Bahia 2015 tem um conjunto de reivindicações que permitem construir uma agenda positiva para o crescimento da economia com distribuição de renda, que passa pela ampliação do orçamento público para o investimento em políticas estruturantes para superar a pobreza, as desigualdades sociais e ampliar e universalizar os direitos de oportunidades e igualdade para os sujeitos construírem cidadania, viverem e trabalharem com dignidade e qualidade de vida no meio rural. Não é demais ratificar que a Bahia tem 665.831 estabelecimentos de agricultores e agricultoras familiares e, desde o menos expressivo (Região Metropolitana, com 0,29%) ao maior numericamente falando, em percentual (Sisal, com 8,75% destes estabelecimentos). E nesse contexto, a força produtiva e econômica da agricultura familiar e do trabalho assalariado, associada à dinâmica social, cultural e organizacional dos povos do campo movimenta o interior da Bahia e faz do espaço rural um lugar possível de se construir o bem-viver

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria