Pular para o conteúdo principal

Tucanos estão brigando contra indicação de Telhada para Comissão de Direitos Humanos da ALESP



Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para fotos de tucanos brigando
O PSDB que assumiu de vez o controle político da direita brasileira nos últimos anos com a derrocada do DEM não se emenda mais de jeito nenhum. A indicação do deputado tucano Coronel Telhada para a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de São Paulo não contrariou apenas os partidos de oposição ao governador Geraldo Alckmin, correligionário do ex-oficial da Rota. No sábado (9), a própria Juventude do PSDB em São Paulo divulgou nota em que solicita que a bancada reveja a indicação "em respeito ao compromisso histórico do partido com o tema". O documento é assinado em conjunto com movimentos que atuam em assuntos de raça, LGBT e outros. "A Juventude Estadual do PSDB, o Tucanafro, a Diversidade Tucana e o PSDB Esquerda para Valer, conjuntamente, através dessa nota, solicitam que a bancada dos deputados do PSDB reveja a indicação do Coronel Telhada para a Comissão de Direitos Humanos em respeito ao compromisso histórico do partido com o tema", diz o texto. O presidente do Diversidade Tucana estadual, Wagner Tronolone, afirmou que Telhada já fez declarações consideradas de cunho homofóbico pelo próprio PSDB e disse que a sigla tinha nomes melhores para indicar para a comissão. "Tem declarações dele que o próprio partido considerou homofóbica. Isso vai contra o programa do PSDB", disse Tronolone.

Comentários

  1. Nota de Esclarecimento:

    O TucanAfro SP Municipal e TucanAfro SP Estadual não autorizaram a publicação e do texto em reportagem veiculada pelo Estado On Line na data de hoje (09/05) ás 18h06. As pessoas que assinaram este texto afirmaram que o TucanAfro esta de acordo com a revisão de vossa indicação para integrar a Comissão de Direitos Humanos da ALESP.

    Está informação é inverídica e os responsáveis serão devidamente notificados em utilizar o TucanAfro sem a devida autorização.

    O Presidente do TucanAfro SP Municipal, Elói Estrela, seus membros e os membros do TucanAfro SP Estadual reiteram o apoio total para que o Ilustre Deputado faça parte desta Comissão, por entender que é uma das pessoas mais indicadas para esta jornada devido a sua seriedade e comprometimento com a população do Estado de São Paulo.

    Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

    Atenciosamente,





    Márcio Pedraza Aguilera
    Secretario Geral

    ResponderExcluir
  2. https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=813533455403542&id=158418830915011&__mref=message_bubble

    ESCLARECIMENTO
    O Diversidade Tucana esclarece que, ao contrário do que foi publicado em um primeiro momento no site do Estadão, jamais classificou o deputado estadual Coronel Telhada como "homofóbico". Pelo contrário, reconhecemos no deputado um aliado da população LGBT, posição expressa por ele em diversos momentos.
    A assinatura do Diversidade Tucana em nota pedindo à bancada estadual do PSDB que revisse a indicação do deputado para a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa se deu por entendermos que em outros temas o deputado tem posições polêmicas que frequentemente conflitam com posições históricas do PSDB e por isso, com sua indicação, o foco sobre os trabalhos da CDH estaria deslocado para sua presença, e não sobre os diversos temas de urgente importância para a sociedade paulista.
    Ao comentar algumas dessas posições polêmicas do deputado, o presidente estadual do Diversidade Tucana, Wagner Tronolone, relembrou um caso em que nota assinada pelo Diretório Estadual do PSDB-SP considerou uma declaração do deputado como "xenofóbica" - e esta palavra foi trocada na publicação por "homofóbica".
    Tão logo constatado o erro, o Diversidade Tucana procurou o jornalista responsável pela matéria, que prontamente efetuou a correção. Porém, alguns sites já haviam replicado a notícia e ficou impossível a correção em todos.
    O Diversidade Tucana lamenta o ocorrido e reforça sua posição de diálogo constante com deputado Coronel Telhada sobre temas caros à população LGBT, bem como com todos os membros da bancada estadual do PSDB.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …