Advogados de Dilma caçam irregularidades nas contas de Aécio

Por Genaldo de Melo
Dilma tem até quarta-feira para responder TCU sobre pedaladas fiscais KENA BETANCUR/AFP
A presidente Dilma Rousseff convocou um batalhão de advogados para defender sua chapa com o vice Michel Temer (PMDB) da ofensiva que o PSDB trama pela anulação das eleições do ano passado. As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. Liderada por Aécio Neves (PSDB), a oposição contesta as contas da campanha da petista. O grupo argumenta que o pagamento de propina por parte das empreiteiras em forma de doações eleitorais configurariam abuso do poder político e econômico e, dessa forma, as eleições de 2014 deveriam ser anuladas. Segundo a coluna, o grupo será liderado por Flávio Caetano, coordenador jurídico da campanha da petista, e terá duas funções básicas: uma é evitar uma possível reversão do resultado das votações de outubro passado junto à Justiça Eleitoral. A outra é analisar profundamente as contas de Aécio como candidato, em busca de irregularidades. As contas do tucano ainda não foram analisadas pelo TSE e serviriam de carta na manga, em caso de processo aberto contra ela. Caetano já teria deixado suas funções no Ministério da Justiça nesta segunda-feira para se dedicar à missão.

Comentários