Aécio Neves ficou 303% mais rico em 4 anos

Por Genaldo de Melo
Aécio Neves ficou 303% mais rico em 4 anos
Bens declarados em 2014, Aécio Neves e Dilma Rousseff, registraram aumento patrimonial de, respectivamente, 64% e 303%, desde 2010. Aécio Neves foi quem mais enriqueceu nos últimos quatro anos, segundo dados da Justiça Eleitoral. A declaração de bens deve, obrigatoriamente, ser apresentada à Justiça Eleitoral por quem deseja disputar um cargo eletivo. Após ser entregue, torna-se um documento público. De 2010 à 2014, Aécio Neves ficou R$ 1.873.938,23 mais rico, quando se elegeu senador por Minas Gerais. À época declarou um patrimônio de R$617.938,42, no ano 2014 ficou em R$ 2.491.876,65. De acordo com o PSDB, o aumento patrimonial de Neves se deu por conta de uma herança deixada pelo seu pai, Aécio Ferreira Cunha, falecido há quatro anos. O bem mais valioso do tucano, segundo a declaração de bens, são 88 mil cotas da Rádio Arco Íris Ltda, que valem R$ 700 mil. O mais barato são ações dos Diários Associados que valem R$ 0,09. Em nota, o PSDB explicou que o patrimônio de Aécio cresceu por causa da herança deixada por seu pai, Aécio Ferreira da Cunha, falecido em outubro de 2010. O segundo bem mais caro da lista de Aécio são 19.791 cotas da Perfil Agropecuária e Florestal Ltda., que valem R$ 666.660,00. Dilma Rousseff, ficou R$ 684.348,17 mais rica desde quando se tornou presidenta, em 2010. Há quatro anos o seu patrimônio declarado era de R$ 1.066.347,47, hoje esse valor é de R$ 1.750.695,64. A posse mais cara da petista é um terreno em Porto Alegre avaliado em R$ 337.983,00. O item mais barato da lista é uma conta no Banrisul com saldo de R$ 1.212,23.(PM)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria