'CRIANÇA ESPERANÇA' VIRA VERGONHA ALHEIA, TENTA COPIAR 'TELETON'

Por Genaldo de Melo

Ainda era cedo da manhã deste sábado, 15, quando começaram as primeiras inserções do 'Criança Esperança' dentro da grade de programação da Rede Globo de Televisão. Pela primeira vez, o canal decidiu colocar toda sua programação em prol do evento. No entanto, as doações só foram altas por conta da empresa 'Três Corações', que sozinha doou R$ 10 milhões, finalizando a noite com R$ 16 milhões. Em 2014, o canal da família Marinho conseguiu mais de R$ 15 milhões. Neste ano, a crise financeira que o país passa pode ter sido um dos fatores que contribuiu para as pessoas não usarem o telefone ou a internet para ajudar os projetos beneficiados pelo 'Criança Esperança'.  O programa claramente tentou imitar o 'Teleton' exibido pelo SBT, mas o que se viu no palco foram artistas cantando músicas erradas e um monte de gente sem função. Nas redes sociais, os internautas reclamaram do especial da TV Globo. R.O. foi um deles. No Facebook, o produtor cultural disse que nem a RedeTV! comete tantos erros.  Renato Aragão foi o grande homenageado este ano no 'Criança Esperança'. Ainda cedo ele esteve no 'É de Casa'. Já tarde da noite, novamente ao vivo, recebeu uma grande festa em prol de seu nome. Segundo informações da própria Rede Globo, o humorista teve uma ambulância disponibilizada só para ele. O cuidado acontece porque em 2013, logo após o aniversário de 15 anos de sua filha, a atriz Lívia Aragão, o comediante teve um mal estar e foi parar no hospital. Ele passou alguns dias internados. Excepcionalmente, o 'Caldeirão do Huck' foi transmitido em tempo real neste sábado. Luciano teve a ajuda de sua mulher, a também apresentadora Angélica para ancorar a atração. Durante o programa, muitos erros técnicos foram percebidos pelos telespectadores. Huck e Angélica não conseguiam dialogar nas transmissões dos links ao vivo. No fim, Luciano decidiu ir para o estúdio onde estava sua mulher e diversos famosos, todos atendendo telefonemas no 'Mesão da Esperança'. Com a ajuda de Gustavo Lima ele pediu mais doações e encerrou o 'Caldeirão'.  Além de Angélica e Luciano Huck, outros famosos ficaram ancorando o 'Mesão da Esperança'. Andre Marques ficou a frente do especial pela manhã. Ana Furtado em um período da tarde e a jornalista Glória Maria à noite. Todos fazendo o mesmo ritual, pedindo a ajuda dos telespectadores para ajudarem o especial que completou 30 anos. Lembrando que o faturamento anual do canal carioca é mais de 1000 vezes maior do que a última arrecadação do 'Criança Esperança'.  (PB)

Comentários