Governador da Bahia Rui Costa quer puniução para empresas aventureiras

Por Genaldo de Melo
images-cms-image-000451577Em conversa com jornalistas enquanto entregava contenção de encosta no bairro Fazenda Grande III/Boca da Mata, em Salvador, nesta terça-feira (18), o governador Rui Costa cobrou do Congresso modificação na lei de licitações vigente. Ele criticou empresas “sem compromisso” que “entram nas licitações de qualquer jeito” e depois abandonam as obras públicas. “É preciso punir, na minha opinião, seja quem tem a intenção ou que desvia dinheiro publico, mas também é preciso punir as empresas que, de forma aventureira, entram numa licitação, derrubam preço e abandonam a obra, com a pretensa ideia de que vai fazer mais barato do que o poder público orçou. A lei tem que favorecer empresas que inicia (a obra) e termina na data certa, e você consegue prever o preço da obra”, disse o governador em entrevista à rádio Metrópole. Rui acredita que uma lei mais rigorosa com as empresas também dificultaria a corrupção entre empreiteiras e o governo. “Às vezes (as empresas) não fazem nada ou às vezes fazem só o filé mignon da obra e abandonam o resto. Esse era o momento que o Congresso devia aproveitar e mudar a lei para, primeiro, aumentar o rigor contra a corrupção, e, segundo, aumentar o rigor com as empresas irresponsáveis que não têm respeito pelo dinheiro público”. (Bahia 247)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

A Globo agora anuncia a incrível piada de início de ano com Luciano Huck e Angélica

O Pitbull de Eduardo Cunha finalmente levou uma mordida