Para Aloyso Nunes que foi vice de Aécio manobra de impeachment é chicana parlamentar

Por Genaldo de Melo
 Marcos Oliveira: <p>Senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) concede entrevista no Senado Federal. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado</p>
O senador tucano Aloysio Nunes criticou a manobra de líderes da oposição para que o afastamento da presidente Dilma Rousseff seja apreciado pelo plenário da Câmara. Em reunião no gabinete da liderança do PSDB no Senado nesta terça-feira (25), eles articulam a formalização de um pedido de impeachment sem o aval do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). Desta forma, Cunha rejeitaria o requerimento de abertura de processo para o afastamento de Dilma. E a oposição recorreria ao plenário, para evitar que a decisão seja qualificada como uma vingança pessoal do denunciado contra o governo. "Não acredito que isso vá à frente. É o tipo de manobra que não se faz num quadro dessa gravidade. É chicana parlamentar", avaliou o tucano. Leia aqui reportagem de Daniela Lima sobre o assunto. (Brasil247)

Comentários