Serra: 'o País gostaria que Dilma renunciasse'

Por Genaldo de Melo
:
Um dia após os protestos contra o governo, o senador tucano José Serra atribui ao ‘vácuo de poder’ na Presidência como a origem da crise atual. Segundo ele, é tal a fraqueza do governo, e a combinação da crise econômica, política e moral, que “se o fator militar estivesse presente hoje, como em 64, estaríamos tendo perturbações gravíssimas nessa área”, embora ressalte “que não estamos tendo perturbação militar e não vamos ter”. Em entrevista ao Valor, Serra firma que “a renúncia é prerrogativa de Dilma”. “Não tenho dúvida que o pais gostaria que ela renunciasse. Mas ela não vai fazer isso”. Ele classifica ainda como “ativa e burra” a política de ajuste de Joaquim Levy e fala em “insanidade” da política monetária-cambial; alerta ainda que a ameaça de bomba fiscal no Congresso continua (leia mais). Embora afirme não ter planos de disputar a presidência, Serra gostaria que o vice Michel Temer assumisse o comando – neste desenho, ele seria eventual ministro da Fazenda, podendo tornar-se candidato ao Palácio do Planalto em 2018.(247)

Comentários