Pular para o conteúdo principal

Veja os números da pesquisa da UFMG que traça o perfil dos manifestantes de 16 de agosto

Por Genaldo de Melo
 manifestantes manifestação perfil belo horizonte


O perfil médio de quem participou da manifestação contra o atual governo federal, no último domingo (16), em Belo Horizonte é: Cor branca, renda superior a cinco salários mínimos, estudou curso superior, eleitor do senador Aécio Neves e do PSDB, a favor do porte de arma e da redução da maioridade pena, contra o aborto, cotas raciais e programas como o Mais Médicos e o Bolsa Família. Foi o que traçou um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A pesquisa ouviu 434 pessoas presentes na manifestação realizada na Praça da Liberdade, na região Centro-Sul de BH. A margem de erro do estudo é de 4,5 pontos percentuais para baixo ou para cima. A responsável pela pesquisa foi a professora Helcimara Telles, doutora e membro do Grupo Opinião Pública da UFMG. O levamento também contou com a parceria da Agência Press, por meio do sociólogo Fernando Vaz; do Centro de Convergências em Novas Mídias da UFMG, por meio da professora Regina Helena. Um dos dados curiosos sobre a pesquisa, é que mais da metade dos participantes da manifestação já votaram no Partido dos Trabalhadores, em algum momento da vida, para candidatos que iam de vereador a presidente. Confira alguns dados do estudo: 29,7% possuia alguma conta ou prestação em atraso com mais de 30 dias; 60% concorda totalmente ou em parte com a liberação do consumo da maconha; 64,7% concorda totalmente ou em parte que as cotas raciais são um erro, e o governo deve acabar com elas; 53% concorda totalmente ou em parte que os cidadãos honestos devem ter o direito de portar armas; 53,5 discorda totalmente ou em parte com legalização do aborto no país; 74,5% concorda totalmente ou em parte com a redução da maioridade penal; 52,1% concorda totalmente ou em parte que os nordestinos têm menos consciência política na hora de votar do que as pessoas de outras regiões do país; 41,5% concorda totalmente ou em parte que o Brasil deve adotar a pena de morte; 74,5 concorda totalmente ou em parte que pessoas ajudadas por programas sociais, como o Bolsa Família, ficam preguiçosas; 61,3% discorda totalmente ou em parte que é bom trazer médicos cubanos para atuar na rede pública de saúde. 74% concorda totalmente ou em parte que os pobres são mais desinformados na tomada de suas decisões políticas; 46,8% concorda totalmente ou em parte que em situação de muita desordem, os militares devem ser chamados a tomar o poder. Já os que discordam são 47,2% 61,1% concorda totalmente ou em parte com a união civil entre pessoas do mesmo sexo; 78,6% contra o Movimento dos Sem Terra; 57,1% é a favor da Reforma Agrária; 50% é contra a cobrança de maior valor aos mais ricos pelo uso do SUS; 47,9% é a favor da regulamentação da terceirização; 60,3% é contra a ampliação da idade mínima para aposentadoria; 73,9% é a favor do fim da reeleição para cargos políticos; 61,3% é a favor da proibição das doações de empresas para campanhas políticas; 53,7% já votou no PT em algum cargo no passado (De vereador a Presidente); 78,6% votou em Aécio Neves 2º turno na eleição da última eleição, em outubro de 2014; 48,6% votaria em Aécio Neves se as eleições para presidência do Brasil fossem hoje; 58,8% se diziam com a cor de pele branca; 64,5% estudou superior incompleto, completou ou fez pós-graduação; 56,6% tem rendimento mensal da família superior a cinco salários mínimos.(Com informações de Pragmatismo Político)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …