Abilio sugere 'trancar Lula e FHC' por solução contra crise

Por Genaldo de Melo
 :
O diálogo suprapartidário é o caminho apontado por grandes especialistas em Brasil em um momento de grandes crises nos campos da política e da economia. Um dos adeptos desse apelo é o empresário Abilio Diniz, sócio da BRF (BRFS3) e do Carrefour. Em painel durante evento realizado pela revista Exame nesta segunda-feira (31), Abilio ofereceu uma solução um tanto heterodoxa para a superação do cenário adverso: "juntar Temer, Lula e FHC, colocar em uma sala, trancá-los e esconder a chave" até que se encontre a solução. "Tem que procurar uma solução com o Brasil. Não tem essa história de um não falar com o outro. Isso é coisa de namorado", criticou Abilio. Em um discurso com diversas referências com sua vasta experiência pessoal, regrada por conquistas e momentos de grandes desafios, o executivo compartilhou a lição que aprendeu ao longo dos anos. "O importante não é a crise, mas o que tirar dela", afirmou. "Para superar a crise, olhe para o espelho, não para a janela. Saiba antecipar a crise para sair mais forte". Apesar de todo o ambiente de pessimismo, Abilio não vislumbra a instalação de uma grave crise econômica. Para ele, estes seriam os efeitos, sobretudo, de uma crise política. No entanto, haveria diversos pontos a serem resolvidos no lado econômico. O Brasil, diz o executivo, é completamente viável, mas precisa aumentar a produtividade, senão não cresceremos. Para Abilio, investimentos, liderança e capacitação são urgentes, além da questão de o governo estimular ganhos de produtividade. (247)

Comentários