Barbosa cobra que Dilma vete financiamento empresarial

Por Genaldo de Melo
 :
O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa criticou, no Twitter, a decisão da Câmara Federal desta quarta-feira 9, que reverteu votação do Senado e restabeleceu texto que mantém as doações de empresas em campanhas eleitorais. "Pois é. Em poucos dias os ilustres deputados derrubaram a saudável proibição do desvio de dinheiro das empresas para políticos e partidos. Agora está tudo muito claro, né? Vc já sabe: o que a maioria dos políticos (não todos, claro) quer é: dinheiro, dinheiro, dinheiro!!!", postou no Twitter. Ele também cobrou o veto à medida por parte da presidente Dilma Rousseff. "Um presidente com lucidez política e clara visão do Estado e da sociedade não hesitaria em exercer o poder de veto", escreveu. "Mas como todos nós sabemos, é sonhar demais, não é mesmo?", provocou. Na semana passada, Barbosa havia celebrado a decisão do Senado, que acabou com o financiamento empresarial a partidos e políticos. (247)

Comentários