Dilma preserva Bolsa Família, mas prevê ajustes na saúde e educação

Por Genaldo de Melo
Ao término da reunião da coordenação política, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, disse que os programas de distribuição de renda do governo foram preservados da proposta orçamentária enviada ao Congresso, com déficit na semana passada. No entanto, afirmou, que investimentos em áreas importantes como Saúde, Educação e moradia terão de passar por um alinhamento com previsão de gastos para o próximo ano. “Sobre a questão dos programas sociais, se a gente olhar o que está proposto para o orçamento 2016, vamos verificar que programas importantes como o Bolsa Família, os programas de transferência de renda em geral, a Previdência, enfim, estão absolutamente preservados”, disse o ministro após a reunião que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

Comentários