Dilma segue STF e veta financiamento privado de campanhas

override-if-required
A presidente Dilma Rousseff decidiu seguir decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) e vetou ponto da reforma política aprovada na Câmara dos Deputados que permite o financiamento empresarial a campanhas eleitorais. A petista deixou o decreto presidencial assinado antes de embarcar nesta quinta-feira (24) para Nova York, onde participará da abertura da Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas). A expectativa é de que ele seja publicado até a próxima segunda-feira (28) no “Diário Oficial da União”. (Folha)

Comentários