Em evento do PSD, Rui e Otto falam línguas diferentes sobre BRT

Por Genaldo de Melo
Diferente das expectativas do senador Otto Alencar (PSD), o governador Rui Costa (PT) afirmou, na manhã desta segunda-feira (14), que tem expectativa que o governo federal vá liberar recursos para as obras do Bus Rapid Transit (BRT) e do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Salvador, apesar de toda à crise que ronda o governo federal. O líder baiano informou que viaja hoje para Brasília, onde conversará com a presidente Dilma Rousseff (PT), mas antecipou a defesa do governo petista. “Evidente, não só por ser aliado, mas porque sou governador. Sou demandado por prefeitos sobre obras nos municípios e eu não posso anunciar todas [as obras] que são solicitadas, como a presidenta tem seus limites e não pode anunciar todas as obras que são a elas solicitadas”, disse o governador, em coletiva na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB). O anúncio da implantação do BRT e do VLT na capital baiana foi feito em outubro de 2013 pela presidente Dilma, quando esteve na capital baiana para anunciar investimentos em mobilidade urbana. No mesmo evento, o senador Otto Alencar já tinha afirmado, em entrevista coletiva mais cedo, que “para sair dinheiro do caixa [do governo federal] para obras será muito difícil". Sobre o PSD, o governador Rui Costa afirmou que Otto “não é só um aliado, mas um amigo pessoal que eu fiz ao longo desses anos”. “Esse é o segredo da nova política, instituída a partir do governo Wagner e que a gente mantem e busca aperfeiçoar, que é fazer parceria e um projeto onde todos cresçam e se afirmem como partido politico, onde não só um partido politico cresça, mas todos possam crescer juntos”. (BN)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

A Globo agora anuncia a incrível piada de início de ano com Luciano Huck e Angélica

O Pitbull de Eduardo Cunha finalmente levou uma mordida