'Historiador' tucano volta a defender golpe contra Dilma

Por Genaldo de Melo
:
O “historiador” tucano Marco Antonio Villa voltou a defender o golpe contra o governo Dilma Rousseff. Segundo ele, as crises política e econômica se estendem porque não foi encontrada uma saída segura para a classe dirigente: "A principal dificuldade para ser encontrada uma saída política nos moldes da (triste) tradição brasileira deve-se principalmente à sociedade civil. Hoje, com todas as limitações, ela vem se organizando e se mobilizando de forma independente do Estado e de seus braços, como os partidos políticos". ‘É necessário ir mais fundo. Não basta a simples troca de presidente. O receio maior de Brasília é ter de enfrentar o Brasil real. Aquele que não quer mais ver a corrupção impregnando as ações de Estado, tenebroso método de gestão e de desqualificar a política, “fazendo-a descer ao plano subalterno da delinquência institucional”, como bem escreveu o ministro Celso de Mello’, acrescenta (leia mais). (247)

Comentários