Lídice: 'Não me nego a debater' candidatura

Por Genaldo de Melo
 :
Cotada para disputar a prefeitura de Salvador em 2016, a senadora Lídice da Mata, do PSB, confirma, embora de modo superficial, que pode de fato ser candidata. "Fico muito grata pelas lembranças, e claro que não me nego a debater essa questão. Nosso partido está discutindo. Sendo presidente do partido, tenho a tarefa até os primeiros dias de outubro de viabilizar a organização do partido no estado inteiro inteiro", disse a senadora em entrevista à rádio Metrópole nesta quinta-feira (3). Ela pondera que ainda não há definição, e não fala sobre possibilidade de o PSB abrir mão de candidatura própria para apoiar um possível candidato do PT. "Acho que notório que a oposição esteja discutindo um novo projeto com algumas candidaturas, e o meu nome está posto, está colocado. Mas isso não quer dizer que esteja definido". A senadora também falou sobre o fim de doação de empresas privadas para campanhas eleitorais, item aprovado em texto de reforma política no Senado. "Foi feito ao mesmo tempo, um esforço de diminuição radical dos custos de campanha. Por exemplo, não vai ser mais possível mini trio e carro de som passando, circulando. Pela proposta do Senado, esses equipamentos só poderão ser usados em local parado, ou seja, se vai fazer um comício, uma concentração, uma reunião, mas não para ficar rodando na cidade. Foi considerado um custo alto", afirmou Lídice. Lídice comentou ainda sobre o constrangimento enfrentado por políticos que não estão envolvidos em escândalos. "Desde que no Brasil se começou o financiamento privado empresarial de campanha, a cada final de eleição você passa por um período de acusações, de denúncias, e isso torna o ambiente politico diminuído, amesquinhado, por que o cidadão já olha para o político com uma certa desconfiança". (247)

Comentários