Nora de Jota Hawilla, réu confesso no escândalo da Fifa, quer que governo “pare de roubar”

Por Genaldo de Melo
De Isabella Fiorentino Hawilla, em seu Facebook, indignada: “que esse lixo de governo tome vergonha na cara e pare de Roubar bilhões q deveria (sic) ir pra saúde e educação. Chega gente!” Além de desconhecer o beabá da concordância, não consta que a modelo e apresentadora de TV tenha se revoltado com o sogro, o empresário José Hawilla, réu confesso e proibido, pelo FBI, de sair de Miami. A isso se chama cinismo, hipocrisia, indignação seletiva, ou quem ela pensa que engana? (DCM)

Comentários