STF pode proibir nesta quarta doações privadas

Por Genaldo de Melo
:
O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, vai levar hoje à votação o processo que proíbe o financiamento de empresas a políticos em campanha eleitoral. Caso o STF confirme que a contribuição de empresas é inconstitucional, estará aberto o caminho para Dilma Rousseff vetar lei aprovada na Câmara dos Deputados que permite o financiamento privado das campanhas - ela não pode sancionar leis que vão de encontro à Constituição. Segundo a colunista Mônica Bergamo, em Estocolmo, o ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), tenta adiar para a próxima semana a decisão. Se for atendido, Dilma então teria que decidir sem o aval da corte. “Ela sempre disse ser contra o financiamento privado, mas teria dificuldade, no momento, de barrar lei aprovada pela Câmara”, ressalta Bergamo (leia aqui). (247)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ACM Neto pode não ser mais candidato nas próximas eleições na Bahia

A Globo agora anuncia a incrível piada de início de ano com Luciano Huck e Angélica

O Pitbull de Eduardo Cunha finalmente levou uma mordida