Candidato à presidência em 2014, Mauro Lasi defende morte de conservadores

Candidato à presidência em 2014, Mauro Lasi defende morte de conservadores
Mauro Lasi, professor universitário e político filiado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB) candidato à presidência da República em 2014, fez um polêmico discurso durante o Segundo Encontro Nacional da Central Sindical e Popular, realizado em junho deste ano, mas que só agora veio à tona. Durante sua fala, o político defendeu que os conservadores são "inimigos" e que deveriam ir para o "paredão", onde seriam fuzilados. O político citou o poema “Perguntas a um bom homem”, do dramaturgo marxista alemão Berthold Brecht, que fala sobre a diferença entre as classes e a maneira como a esquerda deve lutar contra a direita e os conservadores. Lasi usa o poema como metáfora para dizer que não há conciliação de classe quando se lida com o "inimigo" e termina sua fala dizendo que entre ambos os lados, não existe acordo. "Com a direita e o conservadorismo nenhum diálogo. Luta". (NM)

Blog do Genaldo

Comentários