Lula: " ninguém precisa ficar com pena"

override-if-required
“A gente tem que voltar a despertar sonho e esperança no Brasil” afirmou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta (29), durante fala na reunião do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, em Brasília. A uma plateia de militantes e dirigentes do partido, Lula também afirmou que o PT deve defender a educação como uma de suas grandes bandeiras para os próximos anos. “Não podemos só ficar esperando a economia crescer; temos que lutar na rua pela educação de qualidade”, disse. O ex-presidente também falou sobre a tentativa de envolver seu nome e de pessoas próximas e ele em supostas denúncias. “Vivemos um momentos de acirrado bombardeio contra o PT e os petistas”, diagnosticou. Mas, frisou, “ninguém precisa ficar com pena”. ” Aprendi na vida a enfrentar adversidade”, afirmou.”Serão três anos de pancadaria”, previu, “mas tenho certeza que eu vou sobreviver”. A respeito dos adversários que empreendem tal campanha de difamação, o ex-presidente questionou: “E eles, terão a credibilidade que imaginam?”. Uma das principais metas do partido, avaliou Lula, é “garantir que a companheira Dilma possa governar com tranquilidade esse país”. “Não podemos governar pela pauta dos outros e sim com a nossa. A única coisa que não vale é se esconder. Temos que ir para a rua! Quem quiser sair [do PT] que saia. O partido tem porta aberta para entrar e sair.” É essencial recuperar a economia, disse o ex-presidente, e para que isso aconteça “não podemos ficar na mesmice do economês”. “É preciso explorar todo o potencial do nosso mercado interno”, afirmou. Lula disse que “para recuperar a capacidade arrecadatória” dos governos, o melhor “é voltar a crescer”. Ademais, é necessário “fortalecer uma grande política de crédito nesse país, que já está acontecendo”. Tudo isso porque “a economia é o maior trunfo para a gente recuperar a credibilidade com a sociedade”, avaliou. (Instituto Lula)
Blog do Genaldo

Comentários