Aliados de Cunha querem trocar sua cassação por impeachment de Dilma, diz jornal

override-if-required
Aliados do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), procuraram integrantes dos partidos de oposição nesta segunda e terça-feira (24) propondo a deflagração do processo de impeachment contra Dilma Rousseff em troca da preservação do mandato do peemedebista. A Folha confirmou a informação com cinco integrantes da oposição, segundo quem a proposta saiu após uma reunião em São Paulo, na segunda, entre os deputados Paulo Pereira da Silva (SD-SP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), dois dos principais aliados de Cunha. Segundo esses relatos, a oposição daria os votos suficientes para que o Conselho de Ética da Câmara arquive sumariamente o pedido de cassação de Cunha –decisão que será tomada na semana que vem. O presidente da Câmara, então, autorizaria a deflagração do  processo de impeachment contra Dilma e, na sequência, renunciaria à presidência da Casa, preservando o mandato.A Folha apurou que os principais partidos de oposição avaliaram que a essa altura é praticamente impossível arquivar sumariamente o processo contra Cunha, mas que no caso da deflagração do impeachment podeira haver chances de o peemedebista se salvar na votação final de sua cassação, prevista para março ou abril de 2016. (Folha)
Blog do Genaldo

Comentários