Apesar de divisão interna, PSDB tenta viabilizar impeachment


O governo federal "acabou". Essa é a avaliação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, manifesta em conversas recentes. Ao que tudo indica, mesmos integrantes mais moderados do PSDB passaram a embarcar na tese do impeachment de Dilma Rousseff. Os tucanos agora se comprometem a construir um consenso para viabilizar a troca de guarda no Palácio do Planalto e evitar o PMDB como alternativa de poder. No entanto, nem mesmo a cúpula petista acredita em uma unificação política dentro do PSDB. "Aécio [Neves], [José] Serra e [Geraldo] Alckmin nunca se entenderão. Nem Dilma é capaz de mudar isso”, ironiza um ministro. (Notícias ao Minuto)
Blog do Genaldo

Comentários