Delcídio do Amaral foi ministro de Itamar e diretor da Petrobras no governo FHC


O senador Delcídio do Amaral (PT) foi ministro das Minas e Energia no governo Itamar Franco. Já no governo FHC foi diretor de Gás e Energia da Petrobras entre 2001 e 2002, quando trabalhou com Nestor Cerveró e Paulo Roberto, dois dos delatores da Operação Lava Jato. Algumas fontes afirmam que o mesmo foi filiado ao PSDB, entre 1998 e 2001. Outras afirmam que ele teria assinado a ficha de filiação ao partido, mas esta nunca teria sido homologada. Em 2001 ele se aproximou do PT e se tornou secretário de Infraestrutura do então governador do Mato Grosso do Sul Zeca do PT e, na sequência, apoiado por este, elegeu-se ao Senado em 2002, pelo PT. Em 2005 ganhou projeção nacional ao presidir a CPMI dos Correios, que apurou o Mensalão. Disputou o governo de Mato Grosso do Sul em 2006, mas foi derrotado já no primeiro turno por André Puccinelli. (Bahia na Política)

Blog do Genaldo

Comentários