Eduardo Cunha abrirá "lata de carne" na Câmara?

Por Genaldo de Melo
Cada vez mais confusos em relação ao que querem de fato depois que perderam as eleições em outubro último (além de um golpe aos modos “paraguaio”, que no Brasil jamais acontecerá), os tucanos mais uma vez surpreendem em suas atitudes. Não apoiam mais Eduardo Cunha em nada, segundo os mesmos.
Durante muito tempo sustentaram o discurso de defesa intransigente do presidente da Câmara dos Deputados, mesmo com a opinião pública martelando o tempo todo em relação aos desmandos comprovados a cada dia mais do mesmo, com a certeza de que ele mesmo combalido, mais representante também das oposições ao governo de Dilma Rousseff, colocaria em pauta um pedido de impeachment “político”.
Agora chegaram à conclusão de que se continuarem com o discurso de aliado do bom dono das contas na Suíça, correrão o risco de perderem espaço na mesma opinião pública, espaço construído com o discurso repetitivo do inimigo único do povo, que segundo eles é o PT.
Vozes dizem que o presidente da Câmara dos Deputados e variados setores, aliados ao mesmo do chamado baixo clero, estão muito insatisfeitos com as atitudes desses aliados de plantão, pois estão considerando os mesmos como verdadeiros oportunistas.

Resta saber, portanto, se Eduardo Cunha não vai abrir algumas “latas de carne” estragadas, escondidas nos porões daqueles bastidores nojentos do Congresso Nacional, que somente percorrem nomes suspeitos! É esperar prá ver!

Comentários