“Mais ataques estão sendo preparados”, diz premiê francês

override-if-required
A polícia francesa vasculhou casas de supostos militantes islâmicos pela país durante a noite após os ataques em Paris na semana passada, disse nesta segunda-feira o premiê da França, Manuel Valls, alertando sobre possíveis ataques futuros. Valls disse que desde meados do ano os serviços de inteligência da França preveniram cinco ataques. “Sabemos que mais ataques estão sendo preparados, não só contra a França, mas também contra outros países europeus”, disse Valls à rádio RTL. Fontes da polícia disseram à Reuters que autoridades conduziram pelo menos 110 buscas em casas em cidades de todo o país. Uma dessas buscas, no subúrbio parisiense de Bobigny, era parte de uma investigação judicial sobre os ataques em um estádio de futebol, bares e uma casa de shows, em que pelo menos 129 pessoas morreram, na sexta. O número de mortos foi colocado em 132 no domingo, mas relatos nesta segunda-feira disseram que o número pode aumentar por conta de um erro na contagem. A mídia francesa informou que a polícia também vasculhou casas em Toulouse, Grenoble e Bobigny. “Estamos usando o panorama legal do estado de emergência para interrogar pessoas que são parte do movimento radical jihadista… e todos aqueles que advogam ódio à república”, disse Valls. Na sexta-feira, três equipes coordenadas de atiradores e homens-bomba realizaram uma onda de ataques por Paris, no que o presidente François Hollande chamou de “um ato de guerra” do Estado Islâmico. (Reuters)
Blog do Genaldo

Comentários