Mulher bomba se explode em meio a operação policial no norte de Paris

    override-if-required
A polícia francesa realiza na manhã desta quarta-feira uma grande operação em Saint Denis, ao norte de Paris, em busca dos autores dos atentados que deixaram 129 mortos na sexta-feira passada. Há informações de que duas pessoas teriam morrido, entre elas uma mulher que estava no prédio e usava um cinto com explosivos. Segundo informações obtidas com um promotor, ela teria detonado os explosivos durante a operação policial. A TV francesa também afirma que cinco pessoas teriam sido detidas. Abdelhamid Abaaoud, suspeito de ser o mentor dos atentados, seria o alvo principal da operação. Acreditava-se inicialmente que ele estava na Síria. A polícia francesa também estaria em busca de Salah Abdeslam, de 26 anos, o suspeito que teria alugado o carro encontrado do lado de fora da casa de shows Bataclan, onde 89 pessoas morreram. A polícia disse que houve troca de tiros e que há agentes feridos. Segundo a agência de notícias AP, pelo menos sete explosões foram ouvidas no local. O grupo autodenominado Estado Islâmico assumiu a autoria dos ataques de sexta-feira, que também deixaram cerca de 400 pessoas feridas. Ruas foram bloqueadas no entorno da Rue de la Republique, em Saint Denis, mesmo distrito do Stade de France, onde houve ataque suicidas na sexta-feira. Repórteres da rádio Monte Carlo que estão no local disseram que mais de um suspeito foi encurralado em um bloco de apartamentos. Um vídeo amador transmitido pelas emissoras de TV BFMTV e iTele citaram testemunhas dizendo que trocas de tiros foram ouvidas desde às 4h40 do horário local (1h40 de Brasília). (BBC)

Blog do Genaldo

Comentários