Senador Alvaro Dias, do PSDB, culpa Aécio por aproximação com Cunha

override-if-required
De saída do PSDB há meses, o senador Alvaro Dias tornou-se um dos principais críticos da relação do partido com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Para o paranaense, a estratégia de respaldar o peemedebista (acusado de envolvimento na Lava Jato e de manter contas secretas na Suíça) partiu do comando tucano, encabeçado pelo colega de Senado Aécio Neves (MG). “A direção do PSDB tem que assumir a responsabilidade por ter se aproximado de Eduardo Cunha”, declarou. Em entrevista a Gazeta do Povo, o senador explicou que a mudança de legenda faz parte de um movimento de seis senadores em busca de uma terceira via, fora da polarização entre PT e PSDB. Além dele, compõem o grupo os petistas Paulo Paim (RS) e Valter Pinheiro (BA), os pedetistas Cristovam Buarque (DF) e José Antonio Reguffe (DF) e José Medeiros (PPS-MT). A tendência é que eles migrem para o PV. (GP)

Blog do Genaldo

Comentários