A falta de respeito nos supermercados de Feira de Santana

Genaldo de Melo

Minha foto
Não tem como não reclamar dos péssimos serviços prestados à população de Feira de Santana pelos supermercados, principalmente das grandes redes. Eles tratam os consumidores como se estivessem fazendo favores, como se estes tivessem a obrigação de somente comprar neles.

Passamos o stress da vida urbana, do trabalho que muitas vezes é cansativo, e no final da tarde quando vamos fazer compras enfrentamos filas intermináveis, carrinhos quebrados que nos obrigam a fazer um esforço sobre-humano para arrastá-lo pelos corredores, e ainda por cima enfrentamos o mau humor de alguns funcionários sem compreensão de que da mesma forma que eles também estamos cansados.

E tem mais! Supermercados como G. Barbosa, Bom Preço e Atacadão acham que os consumidores são seus empregados. Depois de todos os problemas citados aqui que acontecem todos os dias dentro dos estabelecimentos os clientes ainda têm depois que pagam a conta das compras serem eles mesmos os empacotadores.

Se fosse prá gente ser empacotador dessas redes de supermercados a gente colocaria nosso currículo prá ver se a gente arranjaria emprego com eles! Eles estão tratando a população de Feira de Santana como se todos fossem os bobos e os cegos não vendo isso. Quem tem consciência disso reclama e num instante eles arranjam empacotador, mas quem fica calado acaba sendo empregado sem salário.

Comentários