A justiça é cega

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para imagens da falta de justiça
Quando toda a sociedade brasileira clama para que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, seja definitivamente afastado da coordenação daquela Casa, o Supremo Tribunal Federal numa atitude literalmente estranha resolve que somente vai avaliar o pedido oficial da Procuradoria-geral da Republica de afastá-lo em fevereiro. É um verdadeiro disparate e um “tapa na cara” da sociedade brasileira. A Corte Suprema deveria em sã consciência respeitar a vontade das ruas, e respeitar a dignidade da soberania brasileira! Como pode em vez de resolver e decidir logo essa situação de um homem que a cada dia mais se comprova com fatos que é literalmente um corrupto, mas não um corrupto qualquer de “propininhas”, permanecer tanto tempo sem julgamento para que de novo de forma maquiavélica arme para sua permanência? Desconfio que de fato estejam querendo judicializar a política brasileira, e isso não é bom. Quando se coloca a política e administração sob a coordenação de pessoas e grupos que não têm um programa de ação não dá certo. A Ditadura Militar foi um exemplo disso!

Comentários