Pular para o conteúdo principal

A nova eugenia e seus bichos estranhos

Por Genaldo de Melo
Minha foto
Tenho a mais absoluta convicção, baseada em minha pouca intuição, mais minha intuição, de que esse tal de Movimento Pela Reforma de Direitos, fabricada por alguns beócios em Curitiba, chegando a colocar outdoors nas ruas da capital paranaense contra direitos adquiridos pelos deficientes, não passa de mais um desses movimentos de gente que tem a natureza, mais não sabe nem mesmo o que significa fascismo na vida humana.

Criaram também perfil na internet para defender suas teses tortas e doentias, de que os Portadores de Necessidades Especiais devem depois de tanta luta nesse país para que os mesmos tivessem direitos elementares, tenham os mesmos diminuídos. Na verdade dialogando melhor com esse fenômeno doentio parece piada de quem não tem de fato como servir a nação brasileira.

Pelo visto não vai dá muito certo esse tipo de nova eugenia de uns poucos que acham que o mundo é feito apenas para as mentalidades doentias como a deles, que não enxergam sua elementar doença social. Prova disso é que até ontem à noite apenas pouco mais de uma centena desses mais novos imbecís assinaram em defesa de suas teses. Pelo visto esse é mais um movimento criado a partir dessa nova necessidade que alguns indivíduos têm de se utilizar de discursos fascistas, para naturalmente se promoverem politicamente, já que existe espaço para todos na chamada democracia brasileira.

Querem os mesmos a redução em 50% de filas e assentos exclusivos para deficientes, porque ficam muito tempo esperando vaga no shopping; querem também o fim da isenção de impostos na compra de carro, quem sabe para não ter mesmo vaga nenhuma para deficiente,  senão as para cadeiras de rodas, o fim das gratuidades para deficientes em  atividades culturais e, claro, o fim das cotas para deficientes nos concursos públicos e nas grandes empresas, porque defendem que se o indivíduo for competente, independe de sua condição física.

Estamos vivendo de fato uma crise política sem precedentes nesse país, porque a cada dia surgem novos focos de lapsos sociais de fascismo contra mulheres, negros, índios, homossexuais, pobres, nordestinos, e outras minorias, apesar e exageros à parte. Como alguns grupos de interesses na sociedade brasileira perderam ao longo do tempo espaços privilegiados de poder querem colocar a culpa nos mais fracos economicamente.  


E ainda vem alguém me dizer que isso não é política! Já basta de “malafaias”, de “bolsonaros”, “felicianos e outros bichos desencontrados com o todo, mais encontrados apenas em seus redutos mesquinhos e pobres de espírito!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …