Deputados faltaram com respeito aos baianos

Por Genaldo de Melo
:
Pelos prognósticos de pesquisa recente do Datafolha em que 81% dos entrevistados querem que Eduardo Cunha deixe a presidência da Câmara dos Deputados, pode-se inferir com toda certeza que grande parcela dos 312.084 cidadãos baianos que votaram nos três deputados federais que tentaram absolvê-lo no Conselho de Ética (125.605 votaram em Cacá Leão, 111.643 votaram em João Bacelar, e 74.836 votaram em Erivelton Santana), devem está literalmente decepcionados e com vergonha do que fizeram diante das urnas em 2014.

Quando todos os espaços de mídia estão a cada dia mais apresentando todos os tipos de falcatruas coordenados por Eduardo Cunha, os três deputados numa clara falta de respeito com os baianos deram as suas bênçãos ao mesmo com os discursos mais estapafúrdios possíveis.

Dizer que a atitude dos onze deputados que respeitaram o povo, e colocaram na mesa o processo de investigação é um ato inconstitucional é no mínimo brincar com nossa inteligência para não falar mais nisso. E dizer que as pressões das ruas não podem influenciar nas decisões dos deputados é desrespeitar a todos os baianos.


Os nobres deputados que não querem defender os interesses das ruas, mas apenas de seus financiadores de campanha deveriam deixar de ser cínicos, e respeitar os baianos, pois estes votaram neles pensando que estavam colocando na Câmara dos Deputados homens sérios e respeitadores das opiniões do povo.

Comentários