O chantagista para além do bem e do mal

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para caricaturas de eduardo cunha

Ontem lembrei nesse espaço aqui que o PT estava entre a cruz e a espada em relação ao “Senhor dos Anéis”, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Ou o PT tomava uma decisão em relação à cassação de seu mandato ou deveria explicar a história nas ruas, que é onde se decide de fato quem manda nas coisas em si da Republica (nas urnas). Imaginava eu que este Senhor complicado por natureza em relação a tudo que existe de pior em matéria de corrupção, aos poucos mais se comprovando, deveria por sua própria natureza comprovada durante os dez meses como presidente da Câmara, que em acontecendo os votos do PT contra ele, colocaria na mesa o pedido de impeachment de Dilma somente na próxima quarta-feira.

Dizia isso porque sou daqueles que não podem mudar de opinião sobre um indivíduo que recebeu tanto dinheiro para bancar não somente sua campanha para deputado, mais a campanha de muitos de seus pares, e ainda mais corrompeu todos para colocá-lo na presidência daquela Casa Legislativa, que deveria ter homens e mulheres sérios. Dizia isso, porque escorpião nunca deixa de morder, porque é de sua natureza.

Está mais uma vez comprovado que ele não passa de um grande chantagista. Foi somente o PT tomar uma decisão de não apoiá-lo no Conselho de Ética que ele tomou uma decisão drástica, sem sentido, que provavelmente não vai dá em nada, além de paralisar o Congresso e as funções legislativas, bem como a própria economia brasileira. Ele se coloca como o centro do mundo, além do bem e do mal. Imagine se não fosse de “Jesus”!

O bom senso reza que o requerimento de Reale e de Bicudo não está pautado em premissas técnicas nem jurídicas como ele mesmo afirma em entrevista a Rede Globo. Ele simplesmente quer a qualquer custo tirar o foco de sua situação e colocar as atenções no Palácio do Planalto. Pena que a situação dele não é pior no Conselho de Ética, pois sua situação é complicada mesmo é na Procuradoria Geral da República, no Supremo Tribunal Federal e na Lava Jato. Pena que a situação dele não é somente de perder o mandato, é de ali frente ser preso mesmo, como qualquer outro bandido da República Federativa do Brasil!


Que pena também para os brasileiros, ter um sujeito desses como presidente da Câmara dos Deputados, que acha que poderá apesar de tudo ser Presidente da República por três meses!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria