O PT vai ser extinto calado?

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para imagens da estrela do PT sangrando
Confesso que mesmo não sendo petista causou-me indignação a postura do PSDB entrando com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral pela extinção do Partido dos Trabalhadores. As razões contrárias a essa atitude doentia é que está existindo em relação ao PT a postura de dois pesos e duas medidas. Ou seja, tudo que se denuncia sem nenhuma apresentação de provas contra o PT deve ser investigado, e principalmente promovendo assassinatos de reputações. E isso não tem se consolidado na prática apenas contra o PT, mas a todos os partidos de esquerda que estão no Governo de Dilma Rousseff.

Em relação ao PSDB e aos partidos considerados de direita, que não estão no poder em função das seguidas derrotas eleitorais, todas as denúncias têm sido consideradas matérias relegadas ao riso e ao esquecimento, como se estes nunca roubaram nada, apesar de em muitos casos as provas serem expostas nos olhos do povo brasileiro. Incrível como em todas as delações surgidas na Operação Lava Jato políticos de quase todas as agremiações partidárias são denunciados, mas somente o PT é que deve na visão míope de Carlos Sampaio, líder do PSDB na Câmara dos Deputados, ser extinto eleitoralmente!

Dois fatos são intrigantes diante dessa representação protocolada pelo vice-presidente jurídico do PSDB e líder da bancada na Câmara, Carlos Sampaio (SP), junto à PGE (Procuradoria-Geral Eleitoral) em que requer investigação sobre o recebimento de recursos de origem estrangeira em benefício do PT e, confirmada a prática, seja também promovida ação judicial de extinção do Partido dos Trabalhadores. Primeiro, esse material do "bom moço" é resultado da delação premiada de um bandido chamado Cerveró, que também disse que FHC e tucanos receberam de propinas de esquemas de negociações de empresas US$ 100 milhões, e nada do PSDB também ser foco de extinção.


Segundo, parece que os petistas estão se conformando de fato com a possibilidade de não somente verem seu partido ser extinto do processo político brasileiro, inclusive com o risco de nem participar das eleições municipais de outubro, e estão como aquela moça que perdeu seu noivo num naufrágio e está ainda na beira da praia na esperança de sua volta! Qualquer ignorante político, ou mesmo político sem vida política própria, sabe que na política em situação como a que o PT está ou parte também para o contra-ataque ou perde a batalha escondidos nas trincheiras

Os petistas que são sérios, e que nada tem a haver com os processos de corrupção de que estão sendo acusados, têm que parar de apenas se moverem no campo do discurso de vitimizados. Beócios, ou reagem ou morrem!

Comentários