Cadê o doping russo?

Por Genaldo de Melo
Passado o período das Olimpíadas em que conseguimos nossas 19 medalhas, um fato ficou nas entrelinhas esquecido durante todo o processo. Qual foi o critério mesmo que definiu que quase todos os atletas russos estavam envolvidos em esquemas fraudulentas de doping? Porque isso aconteceu em período próximo às Olimpíadas e somente com atletas de origem russa, com às raras exceções.  Além de muitos dos que ficaram de fora da Rio 2016, os russos também estão fora dos Jogos Paraolímpicos.

Recente artigo publicado no New Eastem Outlook, de autoria de Estevam Macmillan abre espaços para outras interpretações da realidade que muitos de nós não conhecemos. Todas a às últimas guerras e conflitos que acontecem no Oriente Médio tem como foco a disputa pelo controle das jazidas de petróleo, ninguém precisa ser expert para saber disso!

Há algum tempo que se recriou uma espécie de Guerras Fria entre os Estados Unidos e Rússia, e de forma bem articulada essa briga passou a acontecer dentro também do esporte.

Tudo começa a partir do momento em que a Rússia ganha a disputa diplomática com os Estados Unidos conseguindo colocar o controle das armas químicas da Síria em domínio internacional e não como os americanos queriam, exatamente depois do ataque com gás sarim em Ghorta em 2013, ataque esse forjado para se colocar a culpa no presidente sírio Assad.

A partir daí começou-se a transferir espaços de disputas dos dois países dentro do mundo dos esportes, lembrando que essa provocação feita pelos EUA. A primeira tentativa dos americanos não deu certo quando exigiram que Joseph Blatter mudasse a Copa do Mundo de 2018 abrindo novos envelopes para escolha de nova sede, com isso ele caiu em desgraça e foi punido por corrupção como se isso fosse novidade dentro FIFA.

Mas com às Olimpíadas parece que os americanos conseguiram, pois a Rússia que havia ficado em segundo lugar no quadro de medalhas em Londres, simplesmente teve diversos atletas alijados de sua participação no Brasil. A imprensa empresa trabalhou muito bonito, transformou os russos em desonestos, e não contou o resto da história escondida por trás do cheiro do ouro negro!

Comentários