Conselho para os desavisados

Por Genaldo de Melo
Esta semana percorri vários sites e blogs jornalísticos para observar como anda o nível de comentários e debates a partir de artigos de eminentes jornalistas políticos deste país, e para também comprovar o que um amigo vem me falando há muito tempo de que a partir das eleições de 2014 o nível dos debates ultrapassaram o nível daquilo que podemos chamar de decentes em qualquer debate público.

Comprovado está que parece que o ódio, a falta de respeito e decência, a falta de tolerância tomou o lugar do debate sadio e decente que deve permear toda relação dialógica. Se você tem o mínimo de decência e sabe que sua opinião difere das opiniões alheias, e pretende debater de forma sadia, cuidado ao entrar na parte dos comentários dos principais jornalistas e articulistas do país com sua opinião, que até ameaça de morte você recebe de alguns incompreendidos que foram usados, literalmente usados, para destilar ódio e violência verbal, em nome de projetos políticos que muitos mesmo não compreendem.

Ameaças de morte, racismo e preconceito, rancor e ódio, violência verbal contra mulheres e pessoas com opções sexuais pessoais diferentes, tomam conta da pauta dos debates públicos. É uma verdadeira vergonha para muitos que se colocam como bons consumidores de mídia ao promoverem esses debates não respeitar a opinião alheia.

Opinião sobre os mais determinados assuntos são diferentes e ninguém vai ser igual a ninguém em opinião, pois como mesmo dizia Nelson Rodrigues “toda unanimidade é burra”, mas se querem debater e acham que são os donos da razão e devem assim agredir os outros contrários a determinadas opiniões, que comprem e amestrem rebanhos que não pensam. Pelos menos o espírito de manada não rebate agressões verbais.

Por isso que deixei a algum tempo de participar de grupos de debates em sites, blogs e outros espaços mais, porque tenho respeito às opiniões até de quem pode me agredir, e como não tenho a indecência da agressão verbal, prefiro me calar com minhas opiniões, até porque quem tem suas opiniões fascistas formadas não vai mudar por causa do que penso. 


Entendo como George Orwell que "a massa mantém a marca, a marca mantém a mídia e a mídia controla a massa", mas perder tempo com indecência e falta de respeito a quem não concorda comigo, jamais...!

Comentários