Pular para o conteúdo principal

Conselho para quem acha que com vereadores demais ganha eleições

Por Genaldo de Melo
José Ronaldo, Zé Neto, Jhonatas Monteiro e os votos de 2012
Parece um massacre à vista nessas eleições em Feira de Santana, mas não será, porque não existe e nem vai existir eleição fácil, até mesmo porque se assim fosse os adversários de José Ronaldo (DEM) não iriam para um embate perder tempo, energia e recursos financeiros. 

Toda eleição é carregada de uma incógnita, de um mistério revelado somente nas urnas. Mas um fato é certo, em Feira de Santana nessas eleições candidatos à vereadores que são os chamados soldados da batalha eleitoral não serão o fiel da balança para garantir  a vaga do general que levantará a bandeira da vitória no Paço Municipal no dia 1º de janeiro próximo.

Se fosse para os postulantes à Câmara de Vereadores do município decidirem os rumos dessas eleições, necessariamente Zé Neto (PT), Jairo Carneiro (PP), Ângelo Almeida (PSB), Jonathas Monteiro (PSOL), e Leonardo Pedreira (PCO) deveriam desistir de suas candidaturas, até mesmo porque tem formadores de opinião que até parecem mais estrategistas de mesas de bares, que acham que o fato da vitória do atual gestor já está consolidada, que as eleições já acabaram, e pronto!

Do total de 405 candidatos a vereadores inscritos no TSE para disputar uma vaga na Casa da Cidadania 314 nomes de 18 partidos estão ao lado de José Ronaldo (DEM. Bom que se diga que com o “massacre” à vista como tanto propalam, provavelmente nesse grupo o que vai importar menos para muitos candidatos à vereador vai ser a campanha para prefeito, porque vai ser entre eles briga de gato com cobra para chegar à condição de um salário mensal de R$ 15 mil, mais as regalias do pequeno poder de um gabinete de vereador. Até mesmo porque a grande maioria dos candidatos da chapa de José Ronaldo (DEM) não sabe nem mesmo o que é ser vereador, pois o que importa mesmo é ser um.

Como entendemos que 77% dos candidatos a vereador no município em campanha vão priorizar o voto da proporcional, os verdadeiros cabos eleitorais dessas eleições vão ser exatamente os postulantes ao cargo de executivo.

Mesmo com tantos postulantes à vereança a campanha começa diferente de 2012, pois mesmo reinando absoluto José Ronaldo (DEM) não está nas mesmas condições com tantos postulantes a ser vereador. Basta olhar nas entrelinhas do processo. Naquele ano o atual gestor somente tinha como adversário Zé Neto (DEM), pois Tarcísio Pimenta era “mosca morta”, porque o grupo que governava com ele era de José Ronaldo (DEM).

Hoje mesmo nas condições adversas são três nomes de peso e história nos calcanhares de Aquiles do mesmo, Zé Neto, Jairo Carneiro, e Ângelo Almeida, além de Jonathas Monteiro que pode fazer um calo de sangue. Resultado: são quatro nomes com projetos para o debate com a sociedade local numa eleição que José Ronaldo conta com apenas 4,07 minutos de tempo de rádio e televisão, e os adversários contam juntos com exatos quase 6 minutos de tempo para dizer ao povo que já está na hora de Feira de Santana parar de mesmice e mudar de nome, porque no mundo de hoje do que menos se precisa é de “imperadores” que se eternizam no poder.

Além do mais é bom lembrar também que apesar de todos os percalços Zé Neto (PT) começa a campanha com exatos 14% de intenções de votos, diferente de 2012 quando começou com apenas 8% do total. E quem achar que nacionalizar o debate vai ser vantagem provavelmente vai dá um tiro nos pés, porque como comprova a história que é a prova dos nove, o povo está cansado da mesma cor e da mesma voz mansa nos ouvidos a incomodar. Os dedos estão cruzados!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …