O ministro-pavão está ameaçando quem protestar

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para imagens de pavão
O ministro-chefe da Casa Civil interino da Presidência da Republica, no momento interina, Eliseu Padilha, parece que além de pedante intelectualmente também precisa saber que a maioria dos brasileiros não têm resistência à raciocínio, e sabe muito bem que o que eles estão fazendo, desrespeitando 54 milhões de brasileiros que votaram em Dilma é um golpe nojento, utilizando as regras que existem na Constituição de que se pode colocar um Chefe de Estado para ser investigado, mas que se deve ter provas para derrubá-lo. O contrário disso é golpe político utilizando as regras que devem ser reformuladas porque estão ultrapassadas. Agora sim, ameaçar os brasileiros de que não podem protestar contra Michel Temer nas arquibancadas do espaço da abertura das Olimpíadas é a mais descarada forma de autoritarismo, e mais ainda, em nenhum momento os brasileiros que estão dizer que vão protestar estão falando em protestar contra as Olimpíadas, mas sim contra um golpista que da última vez que enfrentou as urnas quase perde para deputado federal pelo Estado de São Paulo em 2006. O que os brasileiros querem fazer e vão fazer é protestar contra um “rato de gabinete”, que traiu a confiança de todos, e que pelas prerrogativas de suas iniciativas se ficar na Presidência da República vai trair inclusive a nação brasileira para acumular alguns dividendos para a sua aposentadoria medíocre de político que somente esteve no poder na base do encosto. Os brasileiros querem é que os atletas que representam nossa nação ganhem o máximo de medalhas, porque foi nos governos anteriores que se construiu a possibilidade da existência dessa Olimpíada em nosso país. Contra as Olimpíadas, não Pavão! O povo vai protestar é contra sua quadrilha de pombos...!

Comentários