O prefeito João Fujão

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para caricatura do prefeito de aracaju  de joão Alves Filho
Observador atento da política sergipana, especialmente de Aracaju, vem me confidenciando elementos cruciais da derrota antecipada do atual prefeito da capital do Estado de Sergipe, João Alves Filho (DEM). 

Segundo o mesmo, fontes seguras dão conta de que as recentes pesquisas para consumo interno dão como vitória certa do candidato da oposição representado nesse momento pelo ex-prefeito Edivaldo Nogueira. 

Se bem que ainda outro elemento coloca em situação de cheque a candidatura à reeleição do atual prefeito de Aracaju, de que caso haja segundo turno não será João Alves que estará lá para defender seus pontos de vista rumo à reeleição, e sim a possibilidade do nome do deputado federal Pedrinho Valadares (PSB) na disputa. 

O observador amigo que confidencia essas informações também dá conta de que para salvar a chapa de vereadores estão discutindo dentro do partido de João Alves até mesmo uma aliança com o PSB, pois caso o atual desista da reeleição eles não terão 13 mil votos para eleger ou Vinicius Porto ou Renilson Félix, atuais vereadores, e para eleger os dois ou outro que apareça como novo, a chapa proporcional tem que ter no mínimo vinte mil votos. 

Vai ficar muito ruim para o DEM de Aracaju que elegeu quatro vereadores em 2012 ficar numa situação dessas sem nenhum membro na Câmara de Vereadores, mas parece que João Alves Filho deve é está pensando nele mesmo, pois caso seja derrotado nessas eleições perde a oportunidade de construir uma possibilidade de projeto para as eleições de 2018.

Por enquanto sem tomar a decisão de desistir ou não da reeleição, nas ruas, nas praças e nos calçadões, parcela daqueles cidadãos que gostam de comentar e discutir política nos famosos "senadinhos" estão apelidando o atual prefeito de "joão Fujão".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Lava Jato pode apresentar a lista de santos que o Brasil deve votar em 2018

Assaltantes estão causando terror no Distrito de Maria Quitéria