Pular para o conteúdo principal

Uma mulher negra pode ajudar a destronar Zé Ronaldo em Feira de Santana

Por Genaldo de Melo
Aproximando-se as eleições as principais preocupações dos postulantes aos cargos executivos, e de seus grupos de apoio, é com o tempo de televisão e rádio, bem como com a possibilidade de consolidar um candidato à vice na chapa que agregue tanto politicamente como eleitoralmente. Em Feira de Santana não é diferente de outros municípios de grande porte. As articulações dos últimos dias estão sendo em torno desses dois elementos cruciais de uma boa campanha, e quem for politicamente mais inteligente naturalmente já coloca o bonde mais próximo da vitória em outubro.

Em relação ao tempo de televisão e rádio, que são os espaços aonde serão apresentadas as propostas que deverão nortear o convencimento do eleitorado, os três principais grupos já estão em fase final para consolidar o processo, sendo que o grupo coordenado pelo atual gestor (José Ronaldo/DEM) está com maior fatia de tempo, porque consolidou em torno do seu nome o maior número de legendas partidárias. Porém isso somente não se traduz em resultados eleitorais, porque toda eleição é carregada de mistério, e portanto é sempre uma incógnita.

Paralelo a proposta desse grupo que está mais evidência, porque está no comando da máquina administrativa, e portanto seus tentáculos estão em todos os bairros e comunidades do município, consolidam-se também para se apresentar ao povo como opções viáveis outros três grupos.

Na chamada pulverização defendida pelo padrinho de todos, o Governador Rui Costa (PT), aparecem o grupo de Jairo Carneiro (PP), agraciado com a adesão de peso do deputado federal Fernando Torres (PSD), o grupo do suplente de deputado estadual, Ângelo Almeida (PSB), que do ponto de vista de estrutura política foi abençoado pela desistência da senadora Lídice da Mata (PSB) de concorrer às eleições de Salvador, e o grupo do deputado estadual Zé Neto (PT), naturalmente o nome de maior relevo no campo das oposições no município, dadas as condições de deputado estadual mais votado no município, e de ter o segundo mais destacado e importante cargo da Assembleia Legislativa da Bahia, o de líder do Governo.

Para defender as chapas majoritárias então, nada melhor do que um bom nome como candidato a vice-prefeito, e nisso mais uma vez o poder da máquina administrativa abençoou o atual gestor municipal. Pois ele aproveitando as rédeas do cavalo selado do Governo Federal que está em mãos interinas do PMDB, cravou para perto de si a maior liderança deste partido no município. Colbert Martins é seu candidato à vice-prefeito!

Em torno de Jairo Carneiro (PP) e de Ângelo Almeida (PSB) poucas novidade surgiram nos últimos dias, a não ser que especulações se consolidem e o deputado federal Fernando Torres (PSD) faça parte da chapa do ex-deputado federal do PP. Como o nome mais forte e de peso, e capaz de derrubar do trono o todo poderoso José Ronaldo (DEM), cabe agora a Zé Neto e seu grupo de apoio escolher um bom nome para compor sua chapa na condição de vice.

Rumores políticos dão conta de que se o deputado estadual Zé Neto (PT) está cada vez mais se consolidando como o candidato mais forte para o embate contra seu principal rival, historicamente ele não pode e não deve vacilar, ele deve contemplar a maior parcela do eleitorado de Feira de Santana, que são as mulheres.  Nesse sentido, os partidos que estão em torno da candidatura dele, dispõem de quadros femininos o suficiente para construir o discurso em defesa das mulheres feirenses, e que desbanque de uma vez por todas essa estória de somente homens participarem das chapas majoritárias em Feira de Santana, e mais ainda com a possibilidade de pela primeira vez na história política do município termos uma vice-prefeita no Paço Municipal.

Como política cientificamente é como um funil, entre os partidos PT, PTN, PC do B, e provavelmente o PDT cabe ao PC do B apresentar essa mulher, e que seja especialmente uma mulher negra, do mesmo modo que são maioria as mulheres negras em Feira de Santana!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Grande oportunidade: Inscrições abertas para o Fundo Socioambiental Caixa

Por Genaldo de Melo A Caixa Econômica Federalestá com inscrições abertas para oFundo Socioambiental Caixa – FSA Caixa, que apóia projetos socioambientais voltados ao desenvolvimento integrado e sustentável para a população de baixa renda. O financiamento varia de 200 mil a 1 milhão de reais. São dois os editais abertos no momento para o FSA Caixa: Desenvolvimento e Cidadania; e Energias Renováveis e Recursos Hídricos. No edital de Desenvolvimento e Cidadania serão selecionados 20 projetos voltados à promoção socioeconômica com foco em saúde, educação, inclusão produtiva e promoção da cidadania, que tenham como finalidade a erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça, da dignidade e da qualidade de vida, implementados por organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social. O prazo para inscrição nesse edital é dia 11 de julho. Já no edital de Energias Renováveis e R…

Lula foi inocentado

Por Genaldo de Melo Recentemente o jornalista José Roberto Guzzo, colunista da revista Veja, escreveu um artigo intitulado “É só explicar”, cobrando indignado que Lula deveria aproveitar apenas quinze minutos para explicar sobre o polêmico apartamento que por “convicção" setores do Ministério Público Federal insistem na tese de que foi matéria de propina dada pela empresa OAS ao mesmo.
Interessante é que pelo que sabemos Lula já gastou uma carga de centenas e centenas de quinze minutos explicando que o polêmico apartamento não lhe pertence, e de todos os modos tenta explicar juridicamente esse fantoche político, mas tanto o Ministério Público quanto a mídia do Jornalismo de propaganda política continua insistindo nesse assunto.
Agora realmente o que causa um pouco de indignação é que as testemunhas de acusação que apresentaram seus depoimentos hoje (21/11) ao MPF, absolutamente todas são unânimes em dizer que não podem incriminar Lula, porque elas mesmas não negociaram nada disso em…

O desespero da Globo com seu circo de horrores

Por Genaldo de Melo A Rede Globo de Comunicações, que passou os quinze dias que antecederam o tão badalado depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro, por causa de um triplex, que até agora ninguém mostrou de fato nenhum documento do mesmo no nome dele, e do mesmo modo não comprovou que ele ganhou o mesmo como forma de propina, literalmente entrou em desespero. Interessante é que o tríplex entrou no imposto de renda da OAS, e D. Marisa entrou com um processo judicial para receber sua cota parte de volta, quando desistiu do mesmo, que era de R$ 209 mil em 2009 e hoje é de R$ 300,8 mil (o processo está na 34ª Vara Cível).
A Globo utilizou ao modo de Goebbels o discurso de que Lula poderia, aliás, teria que ser preso ali mesmo em Curitiba, até mesmo com um provável desacato ao juiz, mas como Lula não foi preso porque pelo visto o apartamento não é mesmo dele, partiu para um ataque tão violento, que não se pode dizer que está mais praticando jornalismo.
Do momento do depoimento até agora, quase …