A atitude

Por Genaldo de Melo
maior árvore do mundo
É preciso perder o medo
De dizer alguma coisa
É preciso perder o medo
De fazer alguma coisa
É preciso ver o sonho
Para lá de tanto azul
É preciso perder o medo
De libertar a juventude
Das flores das flores do mal
É preciso perder o medo
De agitar uma bandeira
No horizonte todo azul
É preciso perder o medo
De tomar uma atitude
É preciso ser como bálsamo de luz
Para inventar a juventude
É preciso perder o medo
De ser como a gente
Para tomar essa atitude.

Comentários