A cova dos leõesVII

Por Genaldo de Melo
thumb image
Avermelharam meu coração
Com pedaços de bandeiras
De sonhos alheios.
Engravidaram meus sonhos
Com luzes que brilham
Na esperança dos outros.
Arrumaram meu porto de partida
Pediram mil desculpas
E me chamaram de multidão.
E assim, grávido de estrelas
Que cantam e dizem sim
E que sabem dizer não
Eu fui ocupar os corações
Feitos de metais pedagógicos
Que cantam prá libertar.


In: Antologia de Poetas Feirenses Godofredo Filho– 2009/UEFS

Comentários