A descobeta da estupidez do golpe

Por Genaldo de Melo
Resultado de imagem para charges ampliada de michel temer
Interessante a inversão que Michel Temer que fazer dos fatos! Ele e sua turma desrespeitando as regras da democracia brasileira tramaram na calada silenciosa dos corredores de Brasília para derrubar Dilma Rousseff, que foi eleita democraticamente por cinqüenta e quatro milhões de votos dos brasileiros, fato que se caracteriza como “Golpe de Estado”, e agora irritado quer explicações sobre o porquê do golpe. 

Parece que ele achava que iria governar em "céu de brigadeiro" com seus péssimos companheiros, tratando aos brasileiros como beócios! Parece que ele não entendeu que o que ele e sua turma fez foi a mais bruta estupidez que essa nação já vislumbrou em matéria de política. 

Pelo visto ele, como também seu amiguinho Aécio Neves, achavam que as manifestações de rua contra seu governo roubado não passariam de um domingo. Ledo engano Michel! Pensava que iria formar opinião com a idéia de 40, 50 ou 100 pessoas nas ruas, mas foram dezenas de milhares, e pelo visto vai continuar.

Parece que os brasileiros resolveram que não querem de jeito nenhum um governo ilegítimo, porque o povo não está interessado em ter que rasgar seus títulos de eleitores. O povo quer é um governo que seja resultado de seus votos, como foi Dilma Rousseff. E não adianta se irritar com o povo nas ruas, se todas as manifestações podem e devem ser feitas porque a Constituição Brasileira assim permite.

É melhor ou renunciar logo ou convocar novas eleições, e nem pensar em colocar reformas estapafúrdias para colocar o povo para trabalhar 12 horas por dia, e ter que se aposentar com 70 anos, porque aí vai ser pior, porque as manifestações poderão aumentar e ser perto do Palácio do Planalto para incomodar. O povo não bobo, Michelito!

Comentários